top of page

Espaços integrados, versáteis e multifuncionais


A antiga imagem relacionada aos ambientes corporativos, com inúmeras salas individuais, mobiliário padronizado e pequenos cubículos de madeira tradicionais está ficando cada vez mais para trás.


Os chamados espaços colaborativos, também conhecidos como Open Space, que possuem a flexibilidade como principal característica, estão em alta e podem ser considerados uma grande tendência para projetos de arquitetura corporativa em 2020. O ritmo acelerado das jornadas de trabalho e as mudanças constantes acabam exigindo ambientes que estimulam a colaboração. O foco destes ambientes polivalentes é priorizar e promover a integração dos espaços, proporcionando um ambiente mais amplo.


Vale lembrar que quanto mais confortável e agradável for o ambiente de trabalho, mais motivado o colaborador estará e, consequentemente, mais produtivo ele será. Por isso, é de grande importância a presença de espaços amplos, bem iluminados, com mobiliários confortáveis e adequados para que os trabalhadores lidem de forma saudável com a pressão do dia a dia.



Nestes espaços, a versatilidade do mobiliário também é importante. As antigas plataformas, cheias de divisórias, podem ser substituídas por grandes mesas, que podem ser compartilhadas, capazes de acomodar uma equipe com um grande número de integrantes, de forma que todos compartilhem do mesmo espaço.


Porém, é importante lembrar que, para o bom funcionamento destes espaços colaborativos, é preciso considerar alguns espaços auxiliares próximos às áreas de trabalho, como phone booths (pequenas cabines para vídeo chamadas ou ligações telefônicas) e pequenas salas de reunião, para quando surgir a necessidade de maior sigilo e privacidade.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page