top of page

Neuroarquitetura no ambiente corporativo


A neuroarquitetura estuda como os ambientes em que convivemos tem impacto com o nosso cérebro. Seu conceito se dá basicamente por explicar essa relação e como nosso corpo reage conforme a projeção dos espaços.


O objetivo principal da neuroarquitetura é proporcionar ambientes estimulantes que contribuam para o bem estar dos colaboradores. Sabemos que um ambiente que não se preocupa com a ergonomia, espaços entre estações de trabalho, ruídos em excesso, falta de iluminação e decoração adequadas pode influenciar diretamente na qualidade de vida das pessoas que ali trabalham.



E é por esse motivo que a neuroarquitetura é aplicada aos ambientes corporativos. Com as adequações corretas no momento do seu projeto, aplicamos o conceito da neuroarquitetura ao seu ambiente corporativo. Dentro dessas adequações são estudadas a iluminação, contato com a natureza, ergonomia, acústica, integração, divisão de ambientes e funcionalidade.


Quando essas adequações são aplicadas as pessoas têm uma melhora considerável em sua capacidade de criação e solução de problemas, a motivação se torna evidente e o ambiente ergonômico promove a saúde entre os colaboradores. O ambiente proporcionado no trabalho é tão importante para os resultados da empresa quanto às pessoas, o colaborador ganha com espaços adequados e pensados para ele, e a empresa ganha em desenvolver melhor seus negócios.

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page